Última hora

Última hora

Síria não retira tropas sem garantias escritas

Em leitura:

Síria não retira tropas sem garantias escritas

Tamanho do texto Aa Aa

Síria exige garantias por escrito antes da retirada das tropas. Em comunicado, o Ministério dos Negócios Estrangeiros afirma que a retirada militar, a 10 de Abril, pode não acontecer porque Kofi Annan “não apresentou garantias escritas da aceitação dos grupos terroristas armados do fim de todas as formas de violência”.

A Síria exige ainda compromissos escritos por parte dos Governos do Qatar, Arábia Saudita e da Turquia “sobre o fim do financiamento aos grupos terroristas”.

Estes países têm apoiado a oposição. A Arábia Saudita e o Qatar mostraram-se mesmo a favor do envio de armas aos rebeldes.

Segundo os media turcos, o Primeiro-ministro da Turquia ameaçou agir se o regime sírio não respeitar o prazo para acabar com a violência.

No terreno as forças sírias terão desativado cinco bombas em Homs. A informação é avançada pelas autoridades.

Mas há imagens de um vídeo amador, alegadamente filmadas este domingo, que dão conta de um bombardeamento por parte das forças leais ao governo.