Última hora

Última hora

Greve dos pilotos da Iberia deixa milhares de passageiros sem voo

Em leitura:

Greve dos pilotos da Iberia deixa milhares de passageiros sem voo

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 150 voos da companhia espanhola Iberia foram anulados, esta segunda-feira, por causa da greve dos pilotos.

Este é o primeiro de uma série de 30 dias de protesto contra o lançamento da filial low-cost, Iberia Express.

Os profissionais estimam que a nova companhia ameaça o seu estatuto e as condições de trabalho. Segundo o sindicato da classe, mais de oito mil empregos estão ameaçados pela repartição de tarefas entre as duas companhias.

A Iberia Express começou a voar no dia 25 de março, depois de um acordo de empresa assinado por todos os sindicatos, menos o dos pilotos.

As greves vão realizar-se todas as segundas e sextas-feiras, até ao dia 20 de Julho.

A Iberia tenta minimizar as consequências da paralisação e pediu, na semana passada, a intervenção da justiça para proibir as greves dos pilotos e do pessoal de voo previstas nestes próximos meses. A decisão poderá demorar mais de um mês.

A companhia estima em 3 milhões de euros as perdas por cada dia de greve.