Última hora

Última hora

Barcos gregos em terra durante 48 horas

Em leitura:

Barcos gregos em terra durante 48 horas

Tamanho do texto Aa Aa

Na Grécia, os barcos vão ficar nos portos até esta quarta-feira.

Um dos principais sindicatos dos marinheiros convocou uma greve de 48 horas, em sinal de protesto contra o projeto de reforma do sistema de pensões e a liberalização da atividade.

A paralisação que coincide as férias da Páscoa ortodoxa promete afetar milhares turistas que por esta altura do ano procuram as ilhas gregas.

O presidente da Confederação Nacional do Comércio, Vassilis Korkidis, considera que a greve vai ser fatal para o turismo em todas as ilhas gregas. A paralisação, adianta, lesa o interesse dos visitantes e dos agricultores que terão dificuldades acrescidas para vender os produtos.

Esta é a segunda greve em menos de um mês. Durante 48 horas e à semelhança do que aconteceu em março, centenas de ilhas vão ficar isoladas.

O governo diz que o sindicato dos marinheiros está a ser influenciado pelo partido comunista, que se mostra contrário a qualquer acordo com o executivo.