Última hora

Última hora

Facebook compra Instagram

Em leitura:

Facebook compra Instagram

Tamanho do texto Aa Aa

Mil milhões de dólares, ou seja, 760 milhões de euros é quanto o Facebook vai pagar pela Instagram, a aplicação de partilha de fotografias através de smartphones. A transação, que inclui uma parte em dinheiro e outra em ações, deverá estar concluída este trimestre.

A cerca de um mês da entrada em bolsa a rondar os cinco mil milhões de dólares, Mark Zuckerberg, fundador da maior rede social do mundo, fala de uma “etapa importante, pois é a primeira vez que compra uma empresa e um produto tão popular”.

A aplicação Instagram foi lançada em janeiro de 2011 e no final do ano tinham sido carregados 400 milhões de fotografias, o que equivale a 60 fotos por segundo. A empresa tem 13 empregados, não tem plano de negócio ou receitas significativas, mas tem 30 milhões de utilizadores via iPhone ou Android, desde a semana passada.

Bastaram dois anos a Kevin Systrom, fundador da Instagram e ex-funcionário da Google, com apenas 27 anos, para se tornar milionário a partir de nada.

A Instagram vai continuar a funcionar de forma independente do Facebook, que consegue assim antecipar o interesse dos principais rivais no competitivo mercado das ligações móveis.