Última hora

Última hora

Condutores de autocarro em greve na Grécia

Em leitura:

Condutores de autocarro em greve na Grécia

Tamanho do texto Aa Aa

Os condutores de autocarro estão em greve na Grécia. É mais um protesto contra a supressão de postos de trabalho e cortes salariais.

A paralisação ocorre a menos de um mês das eleições legislativas antecipadas.

O país é conduzido, desde novembro, por um governo de união nacional apoiado pelos socialistas do Pasok e pelos conservadores da Nova Democracia. Um partido de direita que, de acordo com as últimas sondagens, tem vindo a perder força mas continua a liderar as intenções de voto.

Em tempos de eleições, a crise promete beneficiar as formações mais pequenas.

“Pretende exercer o meu direito de voto, mas ainda não fiz a minha escolha. Provavelmente vou votar num partido pequeno” afirma um grego.

Outro refere: “a prioridade é ter um governo com maioria para evitar novas eleições.”

“Perdi a confiança nos políticos. Por isso, o meu voto vai ser reacionário. Vou escolher um partido pequeno” admite um homem.

A crise da dívida e as medidas de austeridade aumentaram a desconfiança em relação à classe política grega e, segundo o serviço de estatística Elstat, continuam a pesar no mercado de trabalho.

Em janeiro, a taxa de desemprego voltou a bater um novo recorde e situa-se, agora, nos 21,8 por cento.