Última hora

Última hora

Europeus a trabalhar no estrangeiro

Em leitura:

Europeus a trabalhar no estrangeiro

Tamanho do texto Aa Aa

Pergunta de Tomasz, Varsóvia, Polónia:

“Quero ir trabalhar para Londres. Preciso de um visto para trabalhar no Reino Unido? Quem me pode ajudar para conseguir trabalho em Londres?”

Resposta de Malgorzata Kurowska, Responsável pela Comunicação do Europe Direct:

“Enquanto cidadão da União Europeia, pode trabalhar livremente em qualquer país europeu, assim como nos países da Área Económica Europeia: a Islândia, o Liechtenstein, a Noruega e a Suíça.

Os cidadãos da União Europeia não necessitam de visto de trabalho para trabalhar num país da União, no entanto, alguns países impuseram restrições temporárias, até ao final de 2013, aos trabalhadores búlgaros e romenos.

Se ainda não tem emprego, tem vários direitos.

Em primeiro lugar, tem direito a receber a mesma assistência que os britânicos usufruem, por parte dos serviços de emprego do Reino Unido.

Em segundo lugar, pode permanecer no Reino Unido o tempo necessário para procurar emprego, concorrer a um lugar e ser recrutado.

Em terceiro, pode procurar emprego noutro estado-membro da UE.

Se necessitar de ajuda para encontrar emprego no estrangeiro… O EURES é um portal de mobilidade profissional e uma rede de conselheiros laborais da União Europeia, que o pode ajudar a ultrapassar muitas formalidades no estrangeiro.

Os países da União Europeia podem reservar alguns empregos para os seus cidadãos
mas apenas se esses cargos estiverem relacionados com o exercício da autoridade pública ou a salvaguarda dos interesses gerais do Estado. São cargos na polícia, nas forças armadas, nos serviços diplomático ou judicial e nas finanças.

Os cargos que não envolvam o exercício da autoridade pública não podem estar restringidos aos cidadãos nacionais.”

Se quiser colocar uma questão, clique no botão “participe”.