Última hora

Última hora

Maoistas libertam refém italiano

Em leitura:

Maoistas libertam refém italiano

Tamanho do texto Aa Aa

Foi libertado o último italiano nas mãos dos rebeldes maoistas.

Paolo Bosusco, de 54 anos, foi raptado há cerca de um mês no centro de Orissa, no leste da Índia, juntamente com um compatriota, entretanto, libertado.

O fim do cativeiro do guia turístico terá sido possível graças a um acordo alcançado entre as autoridades indianas e a guerrilha.

A mulher de um líder maoista foi libertada esta quinta-feira. Nos próximos dias, será a vez de outros prisioneiros.

A rebelião vermelha tinha feito várias exigências, após o rapto dos dois italianos, entre elas, o fim do turismo nas zonas tribais e a libertação dos guerrilheiros detidos.

Os maoistas dizem defender as minorias étnicas e os sem-terra e lutar contra a violência policial e a corrupção.