Última hora

Última hora

Rajoy apela a prudência depois de declarações de Monti

Em leitura:

Rajoy apela a prudência depois de declarações de Monti

Tamanho do texto Aa Aa

A Espanha apelou à prudência nas críticas feitas pelos dirigentes europeus a respeito da sua situação económica, num momento em que o país enfrenta dificuldades para acalmar os mercados.

O primeiro-ministro Mariano Rajoy pediu “retenção” por parte dos homólogos europeus e sublinhou que “todos têm os seus problemas e [a Espanha] trabalha para encontrar uma solução para os seus, bem como para ajudar a Zona Euro”.

A declaração de Rajoy foi interpretada como estando especialmente dirigida ao chefe do governo italiano. Segundo a imprensa italiana e espanhola, Mario Monti terá dito que os problemas financeiros da Espanha são a principal razão da renovação das tensões sobre o mercado da dívida na Europa.

Para tentar acalmar os mercados, a Comissão Europeia saiu em assistência a Madrid e garantiu que a Espanha não vai necessitar de um plano de resgate, sublinhando os esforços da quarta economia da Zona Euro para controlar sozinha as suas próprias finanças.