Última hora

Última hora

Comunidade internacional condena Coreia do Norte

Em leitura:

Comunidade internacional condena Coreia do Norte

Tamanho do texto Aa Aa

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Coreia do Sul fez a primeira condenação da falhada experiência nuclear dos vizinhos do norte.

E endereçou as críticas ao novo lider que não está a aproveitar as oportunidades de diálogo, oferecidas pela comunidade internacional:

“O nosso governo condena fortemente a Coreia do Norte e a sua nova liderança, pelo lançamento deste foguetão, apesar das advertências da comunidade internacional e dos pedidos para a sua suspensão. A Coreia do Norte deve assumir as suas responsabilidades nisto”.

Também o Japão reagiu. Numa nota governamental diz-se, com prudência, que as consequências ainda estão a ser analisadas:

“Nós ainda estamos a tentar analisar os detalhes deste vôo, mas não houve nenhuma consequência para o nosso país, com a queda do do aparelho”.

Na Europa, a primeira reação foi do governo alemão. O ministro dos Negócios Estrangeiros, Guido Westerwelle, disse, em Nova York, que se trata de mais uma clara violação do direito internacional:

“Nós condenamos este lançamento de um foguetão. É uma clara violação da lei internacional e pensamos que é necessário que o Conselho de Segurança das Nações Unidas dê uma resposta clara e uma reação clara a esta violação da lei internacional”.