Última hora

Última hora

Comunidade internacional condena lançamento de foguetão norte-coreano

Em leitura:

Comunidade internacional condena lançamento de foguetão norte-coreano

Tamanho do texto Aa Aa

Enquanto na Coreia do Sul manifestantes protestavam contra o lançamento do foguetão norte-coreano, um pouco por todo o mundo vão-se sucedendo reações que de uma forma geral condenam a decisão de Pyongyang e apelam a uma resolução diplomática do problema.

Em Genebra a porta-voz das Nações Unidas foi clara:

“O lançamento foi uma violação nítida da resolução
1874 do Conselho de Segurança e ameaça a estabilidade regional. O Secretário-Geral insiste para que a Coreia do Norte não leve a cabo novas iniciativas provocadoras que aumentem a tensão na região”, sublinhou Corine Nomal Vanian.

O ministro dos Negócios Estrangeiros russo afirmou ser contra novas sanções à Coreia do Norte, mas considerou que o Conselho de Segurança da ONU deve analisar a situação.

“É necessário reagir aos desafios existentes apenas e só através de meios políticos e diplomáticos.
Apelo a todas as partes envolvidas para que mostrem total responsabilidade e autocontrolo e que continuem a esforçar-se para que as negociações sejam retomadas”, disse Sergei Lavrov.

O chefe da diplomacia russa falou durante um encontro com os seus homólogos da China e da Índia.

Pequim também apelou à calma e à contenção após o lançamento do foguetão ter sido definido pela
comunidade internacional como uma provocação.