Última hora

Em leitura:

Timochenko poderá evitar presença no julgamento


Ucrânia

Timochenko poderá evitar presença no julgamento

O estado de saúde de Iulia Timochenko não deverá permitir a sua comparência em tribunal no dia do julgamento.
 
Esta é, pelo menos,  a informação emitida pelos médicos da clínica alemã,  Charité, em Berlim, onde a antiga primeira ministra ucraniana está internada para receber tratamento a uma hérnia disca.
 
 
Um responsável da direção da clínica afirma que nesta altura ainda não podem emitir um comunicado oficial mas diz que as autoridades ucrânianas foram informadas.
 
 
“Os médicos alemães fizeram o seu diagnóstico  dizem que ela está gravemente doente, devido ao problema na sua hérnia, que tem muitas dores e não pode fazer movimentos, sendo por isso muito dificil poder colaborar com a investigação do tribunal penal”, refere a filha de Timochenko
 
A líder da oposição ucraniana que cumpre pena de sete anos de prisão, deverá comparecer perante a justiça para responder a acusações de desvio de fundos públicos e fraude fiscal num novo processo que começará a 19 de abril.
 
O processo será julgado no Tribunal Kievski de Kharkov, cidade do leste do país. 
 
Segundo a Procuradoria da Ucrânia,  a Timockenko pode incorrer numa pena de prisão até 12 anos.
 
A acusação exige também a devolução ao Estado 1,8 milhões de euros.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Rei de Espanha hospitalizado