Última hora

Última hora

Itália atrasa redução do défice e prevê forte contração da economia

Em leitura:

Itália atrasa redução do défice e prevê forte contração da economia

Tamanho do texto Aa Aa

Itália vai ter uma contração económica mais forte do que o previsto e vai atrasar o cumprimento das metas de redução do défice. O anúncio foi feito, esta quarta-feira, pelo primeiro-ministro Mario Monti.

Roma estima para 2013 um défice de 0,5 por cento, contra os 0,1% evocados em dezembro.

Numa altura em que Espanha e Itália sofrem forte pressão no mercado, Mario Monti evocou os progressos feitos, mas adianta: “Itália esteve e ainda está numa situação difícil e queremos evitar o dramático destino da Grécia, mas o reequilíbrio da economia italiana ainda vai durar muitos anos”

A ação do governo vai ser dificultada pela forte queda do crescimento. O executivo espera, este ano, uma contração do PIB de 1,2 por cento, muito acima das estimativas de dezembro, mas mesmo assim otimistas quando comparadas com as do Fundo Monetário Internacional.