Última hora

Última hora

Sinopec vê cair por terra projeto de compra da YPF

Em leitura:

Sinopec vê cair por terra projeto de compra da YPF

Tamanho do texto Aa Aa

A decisão da Argentina de nacionalizar a YPF deitou por terra os projetos da chinesa Sinopec. Segundo várias fontes, a segundo maior petrolífera chinesa estava a discutir a compra dos 57% de capital da Repsol na empresa argentina, por 15 mil milhões de euros.

Há vários anos que os chineses estavam interessados na YPF, devido às reservas da Argentina e as necessidades energéticas de Pequim.

Com 27 por cento, a China é o terceiro maior cliente do crude da Argentina, atrás dos Estados Unidos e Chile, com 33 por cento. A descoberta de novas reservas na Patagónia por parte da YPF atiçou o interesse de Pequim, mas o projeto de aquisição sofreu um golpe fatal.

Este é já o segundo revés dos chineses na Argentina no espaço de alguns meses. Pequim vira-se agora para outros países da região e a perda de confiança internacional pode minar a nova política energética argentina.

Buenos Aires declarou a YPF de “interesse nacional”, mas para aumentar como deseja a produção e diminuir as importações de produtos petrolíferos refinados, a Argentina vai precisar de muito investimento e as empresas estrangeiras já não considera o país credível.