Última hora

Última hora

Terceiro dia do julgamento de Anders Breivik

Em leitura:

Terceiro dia do julgamento de Anders Breivik

Tamanho do texto Aa Aa

O julgamento de Anders Behring Breivik entrou hoje no seu terceiro dia.

Nesta audiência o acusado recusou-se a falar sobre os contactos com outros militantes nacionalistas que terão estado na origem da organização Cavaleiros Templários à qual diz pertencer.

Breivik continua a ser interrogado acerca das causas que ao longo do tempo o levaram ao radicalismo e às ações terroristas de que é acusado, reconhece ter cometido e se diz inocente.

Na terça-feira Anders Breivik pediu ao tribunal para ser absolvido, mas declarou também que voltaria a fazer o mesmo.

Entre outras declarações polémicas proferidas em tribunal consta a de ter-se assumido como “um ultranacionalista” que agiu em nome dos direitos humanos para salvar o povo norueguês e que foi inspirado pela rede terrorista Al-Qaida.

Breivik, opositor do multiculturalismo e do que chama “invasão muçulmana” da Europa, foi o autor do atentado à bomba contra a sede do Governo norueguês e de um tiroteio na ilha de Utoya, perto de Oslo, a 22 de julho do ano passado.
Os dois ataques causaram 77 mortos.