Última hora

Última hora

Paris recebe encontro internacional sobre a Síria

Em leitura:

Paris recebe encontro internacional sobre a Síria

Tamanho do texto Aa Aa

Os tiros e as bombas continuam a ecoar em algumas cidades sírias e particularmente em Homs, e o exército mantém-se firme nas posições que ocupou.

O secretário geral da ONU pede ao governo de Bashar al-Assad um sinal claro de vontade de restabelecer a paz. Ontem elementos da equipa avançada de observadores foram surpreendidos nos arredores de Damasco, por uma multidão de opositores, que pedia armas para continuar os combates.

Ban Ki-moon recomendou ao Conselho de Segurança que autorize o envio de 300 observadores para o terreno, mas para a oposição as respostas tardam em chegar:

“Penso que é preciso voltar à ideia de encontrar os meios para proteger os cidadãos, os civis. Foi feito no Kosovo, foi feito noutros sítios. Não há nenhuma razão para que após 14 meses de matança coletiva, organizada e sistemática, a comunidade internacional não pense num plano de intervenção para ajudar a proteger as pessoas”, afirma Burhan Ghalioun, líder do Conselho Nacional Sírio.

A comunidade internacional volta a reunir-se hoje em Paris, para o terceiro encontro informal dos países amigos da Síria. A expetativa é grande.

Os Estados Unidos já disseram que Bashar al Assad está a desperdiçar a última oportunidade.