Última hora

Última hora

Bahrein: mais protestos em vésperas do Grande Prémio

Em leitura:

Bahrein: mais protestos em vésperas do Grande Prémio

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia anti-motins recorreu a gás lacrimogéneo e granadas de fumo para conter ativistas anti-governamentais que se manifestaram esta quinta-feira.

Os ativistas já prometeram violência para os próximos três dias.

No ano passado o Grande Prémio do Bahrein foi cancelado devido a manifestações violentas que coincidiram com a primavera árabe.

“Somos contra fazer concessões a ditadores. No Bahrein a Fórmula 1 é um exercício de relações públicas para a elite, os ditadores repressivos que governam o país” afirmou Nabeel Rajab, ativista dos direitos jumanos.

Apesar das reservas, a organização decidiu ir avante com a realização da corrida. As provas de qualificação decorrem na sexta-feira e sábado. O Grande Prémio está previsto para domingo.

Na capital, Manama, faz-se sentir uma presença policial reforçada. Mesmo assim ocorrem manifestações diariamente. Na quarta-feira à noite uma bomba artesanal explodiu frente a um veículo da equipa Force India que contudo não provocou vítimas.