Última hora

Em leitura:

François Hollande quer "reorientar a Europa para o crescimento e emprego"


França

François Hollande quer "reorientar a Europa para o crescimento e emprego"

François Hollande foi o candidato mais votado nesta primeira volta, mas é cedo para cantar vitória – não só a diferença para Nicolas Sarkozy é demasiado pequena, como o resultado surpreendente de Marine Le Pen é um fator importante a ter em conta.

“Esta primeira volta representa uma sanção ao mandato que acaba e ao presidente cessante, cujo discurso, ao longo destes meses, fez o jogo da extrema-direita. Este é o elemento que temos de enfrentar esta noite. Nunca a Frente Nacional teve um nível tão elevado numas presidenciais, nem sequer em 2002, quando conseguiu passar à segunda volta.

Esta noite, torno-me, através da votação dos franceses, no candidato de todas as forças que querem encerrar uma página e abrir uma nova.
Sou o candidato da união pela mudança – esta união deve ser a mais alargada possível. Diz respeito, em primeiro lugar, às forças de esquerda e ecologistas, das quais eu sou, hoje, o representante.

Sou também o candidato da união de todos os cidadãos que querem uma república, enfim, exemplar, que defende a imparcialidade do Estado, o candidato de todos os franceses que querem que o interesse geral prevaleça sobre todos os privilégios.

Enfim, a minha responsabilidade, e eu sei que sou visto para lá das nossas fronteiras, é de reorientar a Europa para o caminho do crescimento e do emprego.

No dia 6 de maio quero uma vitória à altura da França, da sua história e do seu futuro”.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Eleições francesas: Hollande favorito na corrida ao Eliseu