Última hora

Última hora

Eleições francesas: Sarkozy: "Peço três debates antes da segunda volta"

Em leitura:

Eleições francesas: Sarkozy: "Peço três debates antes da segunda volta"

Tamanho do texto Aa Aa

Nicolas Sarkozy foi o último dos candidatos à eleição presidencial francesa a falar aos seus apoiantes. O presidente cessante saudou os franceses pela forte taxa de participação, afirmando que os eleitores entenderam a importância deste escrutínio.
 
Reconhecendo compreender as angústias dos franceses, Sarkozy afirmou que os dois candidatos à segunda volta estão obrigados à verdade e à coragem e pediu três debates com o seu opositor.
 
A resposta não se fez esperar. François Hollande reafirmou imediatamente que só está disposto a participar num único debate.
 
Minutos antes, o candidato socialista e vencedor da primeira volta, tinha pedido um apoio o mais alargado possível para alcançar a mudança de que tanto falou durante a sua campanha.
 
 
Com um terceiro lugar nesta corrida, Marine Le Pen garantiu, esta noite, ao seu eleitorado que o resultado desta eleição é “apenas o princípio” e que “vai manter-se por mais 60 anos”, apelando ao combate sem dar conselhos sobre o voto na segunda volta da eleição presidencial.
 
Aos 43 anos, a herdeira política de Jean Marie Le Pen conseguiu fazer melhor que o seu próprio pai e conquista a legitimidade no panorama político francês, com um terceiro lugar que vale cerca de 20% dos votos.