Última hora

Última hora

Bahrein: ativistas nas "boxes" durante prova de Fórmula 1

Em leitura:

Bahrein: ativistas nas "boxes" durante prova de Fórmula 1

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades do Bahrein libertaram esta manhã a ativista Ala’a Shehabi assim como uma equipa de jornalistas britânicos detidos ontem numa aldeia nos arredores de Manama.

O grupo tinha sido interpelado pela polícia quando filmava uma manifestação contra o grande prémio de Fórmula 1 que decorreu no domingo.

Shehabi que é fundadora do grupo de oposição Bahrein Watch é uma das principais líderes do movimento de revolta contra o regime iniciado há um ano e duramente reprimido pelas autoridades.

A ativista foi libertada depois de ter sido submetida a um interrogatório durante sete horas.

A prova de fórmula 1 de domingo tinha sido marcada por novos protestos da oposição na semana passada, que provocaram a morte de um manifestante – a trigésima sexta vítima da revolta.

Um incidente que não impediu o desenrolar da prova, com a família real entre a assistência. O final da competição foi marcado por novas escaramuças entre a polícia e manifestantes em várias aldeias nos arredores de Manama.