Última hora

Última hora

Bolsas europeias caem no rescaldo das presidenciais em França

Em leitura:

Bolsas europeias caem no rescaldo das presidenciais em França

Tamanho do texto Aa Aa

As bolsas europeias estão em forte queda, no rescaldo da primeira volta das presidenciais francesas, face ao bloqueio nas negociações sobre o orçamento de Estado na Holanda e a forte contração da atividade do setor privado na zona euro em abril.

Milão, Madrid, Paris e Frankfurt caem mais de dois por cento. Londres e Lisboa mais de um. Os investidores temem um retrocesso nas medidas de austeridade na Europa.

Stefan Scharffeter, trader no Baader Bank, defende: “Após a primeira volta das presidenciais em França, François Hollande lidera e prevemos que vença facilmente dentro de duas semanas. Isso significa que o eixo Merkel-Sarkozy está quebrado. Ambos estavam de acordo em relação à Europa, o que era bom”.

França é um dos países europeus que vê hoje subir as taxas no mercado obrigacionista.

A moeda única está a cair na casa de um 1,31 dólares.

O petróleo cede também terreno. Em Londres, o barril de “Brent” vale 117 dólares.