Última hora

Última hora

França: Socialistas de olhos postos na segunda volta

Em leitura:

França: Socialistas de olhos postos na segunda volta

Tamanho do texto Aa Aa

Os socialistas franceses festejaram a vitória de François Hollande, na primeira volta das eleições presidenciais.

Em frente do quartel-general socialista, em Paris, celebraram-se a segunda maior vitória, de sempre, da esquerda em França, como evidencia a porta-voz da campanha de François Hollande, Najat Vallaud-Belkacem: “François Hollande conseguiu reunir 28,5 por cento dos votos. Creio que este é o melhor resultado da esquerda, até agora, exceto em 88, com François Mitterand. Isto demonstra a grande confiança que inspira aos franceses.”

No quartel general de Nicolas Sarkozy o ambiente não era tão otimista.

Esta foi a primeira vez, desde 1958, em França, que um Presidente que se recandidata ao cargo não conseguiu vencer as eleições à primeira volta.

Nicolas Sarkozy apelou a uma união da direita

“Penso que a maioria dos eleitores da Frente Nacional irá mais para Nicolas Sarkozy do que para François Hollande,” afirma esta apoiante de Sarkozy.

Marine Le Pen protagonizou uma das surpresas da noite. A líder da Frente Nacional conseguiu arrecadar 19 por centos dos votos, na primeira vez que se candidata às eleições presidenciais.

Um apoiante de Le Pen afirma que: “Marine está na liderança da Frente Nacional há apenas um ano e meio. O efeito está lá. As nossas ideias foram tomadas e já sabíamos isso pois impusemos muitos tópicos no debate político, enquanto os outros pisavam ovos.”

Depois desta noite, está lançada a verdadeira corrida ao Palácio do Eliseu.

“Os militantes socialistas sabem que foi, hoje, alcançado um marco mas não vão desmobilizar. As próximas duas semanas serão dedicadas a reunir votos à esquerda. Vão ainda tentar convencer aqueles que se abstiveram na primeira volta.
Olivier Peguy, HQ François Hollande, Euronews. “