Última hora

Última hora

Breivik apresentou desculpas a algumas famílias das vítimas

Em leitura:

Breivik apresentou desculpas a algumas famílias das vítimas

Tamanho do texto Aa Aa

Anders Behring Breivik apresentou, no sexto dia do julgamento, desculpas parciais, às vítimas que considera sem ideologia política, mas recusou-se a fazê-lo aos familiares dos jovens mortos na ilha de Utoya.

No testemunho, explicou que na ilha escolheu as vítimas em função da aparência e que poupou um jovem por lhe parecer que seria de direita.

O jovem, Adrian Pracon, reagiu assim às declarações de Breivik:

“É estranho que tudo dependa das aparências. Encontrar-me vivo nesta circunstâncias, quando outros morreram e também pela avaliação das aparências feita por ele”.

Considerado psicótico numa primeira avaliação psiquiátrica, Breivik insiste em ser responsabilizado penalmente para não ver a sua ideologia islamofóbica aniquilada por um diagnóstico médico.

A comissão medico-legal da Noruega pediu, entretanto, mais uma avaliação psicológica.