Última hora

Última hora

Observadores não impedem combates na Síria

Em leitura:

Observadores não impedem combates na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

A presença dos 30 observadores que já se encontram na Síria não muda em nada o cenário de violência em várias cidades.

A equipa que se deslocou às cidades de Zabadani e Douma, esta segunda-feira, foi surpreendida por disparos nas proximidades.

Segundo testemunhos de cidadãos sírios, os observaodres são conduzidos pelas autoridades e recusam-se a deslocar-se aos locais onde são chamados para verificarem a presença do exército e do arsenal militar.

Ban Ki-moon, o secretário-geral das Nações Unidas voltou a apelar à cooperação de Bashar al Assad e congratulou-se com a unanimidade alcançada pelos membros do Conselho de Segurança na resolução sobre o envio de 300 observadores para o país.

O contingente total de capacetes azuis só deverá chegar no princípio de maio. Entretanto, os combates continuam apesar do acordo de cessar-fogo. Só esta segunda-feira foram mortas 34 pessoas: 28 civis e seis soldados.