Última hora

Última hora

França: 1° de maio polémico a cinco dias da eleição

Em leitura:

França: 1° de maio polémico a cinco dias da eleição

Tamanho do texto Aa Aa

O candidato socialista à eleição presidencial, em França, criticou o facto de o presidente ter apelado o seu eleitorado a uma grande manifestação no dia 1° de maio. O que chocou François Hollande foi o facto de Sarkozy ter falado de uma festa dos verdadeiros trabalhadores.

“Aqui há militantes, simpatizantes, são cidadãos que têm como única riqueza o trabalho. Não fazemos a diferença entre o verdadeiro trabalho e o falso trabalho. E quando não se trabalha quer-se trabalhar e pede-se trabalho. E aquele que queria ser o candidato do verdadeiro trabalho, foi o candidato do verdadeiro desemprego durante cinco anos”.

O dia 1° de maio em França é tradicionalmente marcado por uma grande manifestação sindical e também pela festa da Frente Nacional com homenagem a Joana d’Arc. Tanto a esquerda como a extrema-direita criticam a iniciativa de Sarkozy.