Última hora

Última hora

O espetro da fome volta a pairar sobre a África Ocidental

Em leitura:

O espetro da fome volta a pairar sobre a África Ocidental

Tamanho do texto Aa Aa

A região do sul do Sara volta a estar ameaçada pela fome.

O alerta foi lançado pela ONU, num momento em que a subnutrição poderá afetar mais de 127 mil crianças com menos de cinco anos só no Chade.

A seca, associada à pobreza e ao fluxo de refugiados da líbia está a piorar o acesso aos alimentos numa região que abarca o Niger, o Mali, a Mauritânia e o Burkina Faso.

Nos hospital de Mao, no Chade, uma responsável da UNICEF lembra que, “a maioria das famílias não tem acesso a cuidados de saúde adequados nas regiões remotas onde vivem e quando as crianças chegam ao hospital encontram-se já num estado crítico”.

Segundo a ONU cerca de um milhão de crianças vão necessitar este ano de tratamentos urgentes para a subnutrição em toda a região do Sahel.

Na região de Mao, no Chade, ao problema da seca que está a dizimar milhares de cabeças de gado, soma-se o do regresso de milhares de refugiados da Líbia que, após a queda de Kadafi, encontram-se sem trabalho e sem meios de sustento.