Última hora

Última hora

Síria: França quer ver cumprido plano de Annan

Em leitura:

Síria: França quer ver cumprido plano de Annan

Tamanho do texto Aa Aa

A violência prossegue na Síria apesar dos esforços da comunidade internacional. Fontes da oposição ao regime de Basahr al-Assad afirmam que o exército regular destruiu esta quarta-feira um autocarro em Idlib e um edifício Hama, fazendo cerca de 20 e dezenas de feridos.

Em Paris, o chefe da diplomacia francesa, Alain Juppé, questionou esta quarta-feira os resultados da mediação do emissário da ONU e sublinhou que a comunidade internacional não pode continuar a ser desafiada pelo regime de al-Assad. Nenhum dos seis pontos do plano de Kofi Annan foi cumprido até à data pelo governo de Damasco, acusou. Se o regime não assumir os seus compromissos até ao dia 5 de maio Paris pretende avançar com uma resolução do Conselho de Segurança que permita o uso da força. Juppé deseja igualmente a mobilização de 300 observadores da ONU em duas semanas.

Na Síria já se encontram quase duas dezenas de militares mas o regime de Damasco está a levantar obstáculos e a impedir a vinda de soldados de países considerados hostis, como a França e os Estados Unidos.