Última hora

Última hora

França: Hollande cede terreno para Sarkozy

Em leitura:

França: Hollande cede terreno para Sarkozy

Tamanho do texto Aa Aa

François Hollande continua à frente de Nicolas Sarkozy nas intenções de voto para as presidenciais francesas mas a diferença está a diminuir. Os dois candidatos estiveram na noite passada numa emissão do canal público France 2 mas foram entrevistados separadamente.

O candidato socialista, François Hollande, foi confrontado com a questão da imigração: “Os estrangeiros que estão em situação regular no nosso território não serão expulsos, já os que se encontram em situação ilegal, que não devem estar no nosso território, serão reconduzidos à fronteira. Eu não posso ser mais claro, nem mais simples. Os estrangeiros que tiverem direitos ficam cá, os que não têm não vão ficar cá.”

Os 18 por cento de votos conquistados pela candidata da extrema-direita, Marine Le Pen, deram o tom à campanha para a segunda volta destas eleições.

O presidente candidato, Nicolas, Sarkozy, tenta recuperar estes sufrágios, essenciais para conseguir a reeleição: “Há seis milhões e meio de franceses que votaram na senhora Le Pen. Eles não são de extrema-direita. Eles nem sequer efetuaram um voto de protesto. Eles efetuaram um voto de crise ou de adesão a algumas ideias que lhes foram propostas. É um problema que não se coloca à direita mas à França. Porque é que seis milhões e meio de pessoas pensam que a solução aos seus problemas é a senhora Le Pen?”

De acordo com uma sondagem publicada esta quinta-feira o candidato socialista recolhe 54 por cento das preferências dos eleitores enquanto o presidente cessante obtém 46 por cento no escrutínio do dia 6 de maio.