Última hora

Última hora

Rescisão coletiva coloca em risco futuro da União Leiria

Em leitura:

Rescisão coletiva coloca em risco futuro da União Leiria

Tamanho do texto Aa Aa

Futuro incerto para a União de Leiria depois da rescisão coletiva de 16 jogadores da equipa de futebol profissional, na sexta-feira.

O anúncio foi feito após uma reunião de cinco horas durante a qual o presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol tentou encontrar uma solução junto da Liga de clubes e da SAD da União de Leiria.

No final do encontro, Joaquim Evangelista afirmou que 2é importante deixar claro que o futebol português não respeitou os jogadores de futebol, não tem respeitado os jogadores de futebol no que aos salários diz respeito.

Depois do anúncio, o presidente demissionário do clube, João Bartolomeu, defendeu que o clube deve abandonar o futebol profissional.

“Penso que a União de Leiria tem que fazer só uma coisa na minha opinião pessoal, os acionistas vão-se pronunciar também, é que deve abandonar simplesmente o futebol profissional.”

No total, 21 jogadores rescindiram contrato com o clube nas últimas semanas, o que significa que a equipa não deverá ter jogadores suficientes para defrontar o Feirense este domingo, a não ser que utilize jogadores lesionados. Se não evitar a derrota por falta de comparência o clube da cidade do lis desce automaticamente de divisão.