Última hora

Última hora

Ucrânia: Quem provocou os atentados?

Em leitura:

Ucrânia: Quem provocou os atentados?

Tamanho do texto Aa Aa

É a pergunta que todos se colocam na Ucrânia: Quem estará por detrás dos atentados de Dnipropetrovsk?

A poucas semanas do arranque do Europeu de futebol e numa altura de forte tensão política por causa do processo de Iulia Timoshenko, os ataques de sexta-feira são mais uma dor de cabeça para o presidente.

Viktor Ianukovich visitou a cidade palco dos atentados, reuniu com as autoridades locais, prometeu uma investigação rápida e anunciou uma recompensa de quase 200 mil euros para quem forneça informações sobre os autores dos ataques que, garante, serão exemplarmente punidos.

As quatro explosões quase simultâneas fizeram 30 feridos, 3 dos quais em estado grave. A maioria das vítimas continuava internada este sábado.

O medo instalou-se nos que viveram os ataques. Não querem regressar à escola, junto à qual uma das bombas explodiu; receiam voltar a andar de autocarro ou sair à rua.

A calma regressou entretanto à cidade de 1,3 milhões de habitantes, mas a presença policial foi reforçada.

Os populares acreditam na possibilidade de um ataque terrorista, mas desconhecem as motivações.

Dnipropetrovsk é um importante centro industrial e tecnológico, berço de uma boa parte da elite política ucraniana.

A cidade não vai acolher qualquer jogo do Euro 2012, mas o sentimento de insegurança instalou-se após as explosões. A polícia prossegue as investigações, enquanto o governo tenta evitar que o pânico se espalhe a outras regiões da Ucrânia a pouco mais de um mês do arranque do Europeu de futebol.