Última hora

Última hora

Bahrein: Justiça ordena novo julgamento para 21 ativistas

Em leitura:

Bahrein: Justiça ordena novo julgamento para 21 ativistas

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça do Bahrein ordenou um novo julgamento para 21 ativistas que estão detidos por contestarem a monarquia sunita. Entre os casos apreciados pelo tribunal de recurso encontra-se o de Abdul Hadi Al Khawaja, condenado a uma pena de prisão perpétua por defender um sistema republicano no reino do Golfo Pérsico. Contudo, a mulher pensa “que não vai acontecer nada de diferente, porque se trata do mesmo sistema. Eles só estão a tentar ganhar tempo.”

Al Khawaja tem a cidadania dinamarquesa e passou os últimos 80 dias em greve de fome. O governo do Bahrein tem recusado atender os pedidos de libertação formulados por Copenhaga. A mulher do ativista acusa o governo de alimentar à força o marido. A contestação à monarquia reinante eclodiu no início do ano passado quando os ventos da primavera árabe sopraram na região.