Última hora

Última hora

Putin encabeça contra-manifestação de primeiro de maio em Moscovo

Em leitura:

Putin encabeça contra-manifestação de primeiro de maio em Moscovo

Tamanho do texto Aa Aa

Vladimir Putin numa manifestação de rua a uma semana de regressar ao Kremlin.

O presidente eleito e o presidente cessante, Dmitry Medvedev, participaram esta terça-feira numa marcha de primeiro de maio convocada pelos sindicatos próximos do partido Rússia Unida.

Uma imagem quase desafiante para a oposição que, desde a eleição de Putin, multiplica os protestos contra o regresso do até agora primeiro-ministro à presidência.

“É um feriado de primavera e de trabalho. O ambiente é bom… e é uma oportunidade de encontrar amigos e conhecidos”.

“As pessoas divertem-se e eu também. O tempo está bom, toda a gente sorri, é tudo muito bom e muito positivo”.

A aparição de Putin ocorre uma semana antes de tomar posse na presidência e depois de ter entregue a direção do partido Rússia Unida a Medvedev, que deverá regressar ao lugar de primeiro-ministro.

Os comunistas, por seu lado, realizaram o tradicional desfile de primeiro de maio noutra zona de Moscovo, ao reunirem dezenas de milhares de pessoas.

Para o líder do partido, “as nossas forças populares patrióticas realizaram este desfile sob o slogan: ‘vamos construir uma Rússia forte e inteligente, vamos perseguir os ladrões dos corredores do poder e criar um governo que possa restabelecer a confiança e dar um rumo ao nosso país”.

A oposição ao presidente preferiu esperar pela véspera da tomada de posse de Putin, no dia 6, para regressar às ruas contra a reeleição do chefe do estado.