Última hora

Última hora

Argentina a um passo de nacionalizar filial da Repsol

Em leitura:

Argentina a um passo de nacionalizar filial da Repsol

Tamanho do texto Aa Aa

Buenos Aires prepara-se para o voto final sobre a expropriação da YPF, a filial argentina da petrolífera espanhola Repsol.

A maioria dos argentinos vê no projeto de lei uma recuperação da soberania na YPF, considerada um símbolo nacional.

O parlamento já vai no segundo dia de debate sobre o projeto de lei, à qual maioria e oposição são favoráveis. Apenas duas formações muito minoritárias, na oposição, estão contra a decisão de Cristina Fernandez.

O voto deverá ocorrer esta quinta-feira e prevê-se uma aprovação por uma esmagadora maioria – à semelhança do que aconteceu a semana passada, no senado.

“Estamos muito contentes, porque é um debate histórico e muito importante porque recupera o papel do Estado como garante de que os recursos energéticos estejam ao serviço dos interesses da nação, da Pátria”, explica o deputado Fernando Sabatella, da formação da maioria, Frente para la Victoria.

O projeto de lei prevê a expropriação de 51% das ações de Repsol na petrolífera YPF e na YPF Gás.

Madrid já anunciou limitar as importações de biodiesel argentino, como forma de protesto.