Última hora

Última hora

Duelo entre conservadores nas legislativas do Irão

Em leitura:

Duelo entre conservadores nas legislativas do Irão

Tamanho do texto Aa Aa

No Irão, esta sexta-feira é dia da segunda volta da eleição legislativa. Estão em causa 65 dos 290 lugares da assembleia nacional e só se vota nas circunscrições onde não foi encontrada uma maioria na primeira volta.

Em Teerão, a capital, os 25 lugares são disputados por 50 candidatos.

O Ayatollah Ali Khamenei apela aos eleitores para encararem com seriedade esta segunda volta tal como fizeram na primeira. “Quanto mais pessoas votarem, mais os seus representantes se sentirão confiantes, capazes e credíveis”, afirmou.

Com os principais líderes da oposição detidos, o duelo é entre duas fações conservadoras, os apoiantes do líder espiritual, Ali Khamenei, e os do presidente, Mahmmoud Ahmadinejad.

Os iranianos esperam que esta eleição possa trazer mudanças:

“Os candidatos sabem a situação do país. Sabem o que têm a fazer. O nosso objetivo é que a situação melhor, que possamos ter um país melhor”, afirma esta mulher.

A eleição é vista como um teste para a presidencial de 2013. Dependendo da correlação de forças na nova assembleia, Ahmadinejad, isolado pelo poder clerical, poderá ter um último ano de mandato mais ou menos complicado.

Os resultados são esperados durante o fim-de-semana.