Última hora

Última hora

França: físico condenado por emails trocados na internet

Em leitura:

França: físico condenado por emails trocados na internet

Tamanho do texto Aa Aa

O físico franco-argelino, Adlène Hicheur, foi condenado, esta sexta-feira, pelo tribunal de Paris, a quatro anos de prisão e um de pena suspensa por uma troca de emails com um islamita argelino.

O tribunal considerou-o culpado de “participação em associação de malfeitores, com vista à preparação de atos de terrorismo”.

O advogado, Patrick Baudouin, considera que a justiça foi longe demais:
“O que escreveu é criticável e pode parecer inquietante, mas não teve consequências. Penso que se entramos nesta lógica de prender milhares de internautas, não serão apenas as pessoas dos meios ditos islamitas. Teremos gente da extrema direita e da extrema esquerda. Tenho a certeza que nesses extremos, todos os dias e todos os minutos, há internautas que trocam palavras violentas”.

Segundo a polícia francesa, nos emails trocados por Adlène Hicheur falava-se de preparativos para um atentado contra o Vigésimo Sétimo Batalhão dos Caçadores Alpinos de Annecy, de onde partiram os contigentes franceses para o Afeganistão. O atentado nunca foi posto em prática.