Última hora

Última hora

Viúvas da crise marcham em Itália

Em leitura:

Viúvas da crise marcham em Itália

Tamanho do texto Aa Aa

Em Itália, uma centena de pessoas participou numa marcha organizada pelas autodenominadas Viúvas Brancas, viúvas de homens que se suicidaram por causa da crise económica. O desfile decorreu em Bolonha onde Giuseppe Campaniello se imolou pelo fogo em frente a uma repartição de finanças, no final de março.

“O Giuseppe pediu desculpa a esta gente porque não conseguia pagar as suas dívidas. Esta era a sua forma de estar, ele era uma boa pessoa” – disse a viúva de Giuseppe Campaniello.

“O meu marido disse que também há um limite para tudo na vida. Quando alguém perde o respeito por si próprio, pede perdão e vai-se embora” – explica a viúva de um homem que se enforcou porque não conseguia encontrar trabalho.

A taxa de suicídio subiu 24 por cento nos últimos dois anos em Itália. 73 pessoas puseram fim à vida, desde o início do ano, devido às dificuldades económicas.