Última hora

Última hora

Japão encerra o último reator nuclear

Em leitura:

Japão encerra o último reator nuclear

Tamanho do texto Aa Aa

Começou a ser desligado o último reator nuclear em funcionamento no Japão.

Um momento histórico que vai deixar o país sem energia nuclear, pela primeira vez em quatro décadas e que está a ser assinalado por milhares de pessoas em Tóquio.

Fukushima mudou o rumo energético do país.
Desde então, as autoridades têm vindo a encerrar os reatores mas, ao certo, ninguém sabe por quanto tempo.

“A partir de hoje deixamos de ter centrais nucleares ativas. Penso que devemos fazer deste, um momento eterno. Para que isto não acontece apenas hoje ou manhã, mas passe a ser uma realidade no futuro” afirma a ativista Sayo Saruta.

A energia nuclear foi considerada até 11 de março de 2011 uma aposta de futuro. Mas o tsunami que se seguiu ao sismo, danificou quatro dos seis reatores da central de Fukushima situada no noroeste do Japão, originando, fugas de radioatividade, responsáveis pelo maior acidente nuclear desde Tchernobil.