Última hora

Última hora

Síria: Bombas matam em Alepo

Em leitura:

Síria: Bombas matam em Alepo

Tamanho do texto Aa Aa

Na Síria, as explosões de três bombas fizeram diversas vítimas este sábado.

Duas das explosões ocorreram na capital, Damasco, e ambas tiveram como alvos veículos militares, tendo provocado três feridos ligeiros.

A terceira bomba explodiu na cidade de Alepo, numa estação de lavagem de viaturas e provocou cinco mortos.

A violência eclodiu na cidade de Alepo depois do ataque das forças de segurança contra a universidade, no qual foram mortos quatro estudantes.

Os insurgentes alegam que as explosões de Damasco são uma tentativa do regime de impedir as pessoas de participarem nos funerais das nove vítimas da manifestação de sexta-feira.

Entretanto, em Genebra, o porta-voz de Kofi Annan diz que “começa a haver pequenos sinais com vista ao cumprimento do cessar-fogo. Algumas armas pesadas foram retiradas e houve algum recuo da violência”.

Annan apresenta no dia 8 de maio, ao Conselho de Segurança da ONU, um novo relatório sobre o nível de aplicação do plano, numa altura em que o trabalho das três dezenas de observadores no terreno é muito limitado.

O regime realiza na segunda-feira eleições legislativas com a promessa de multipartidarismo. Os analistas não hesitam em classificá-las de “areia para os olhos” do mundo.