Última hora

Última hora

Gregos acertam contas com o poder político

Em leitura:

Gregos acertam contas com o poder político

Tamanho do texto Aa Aa

Muitos consideram que, hoje, é dia do acerto de contas.

Os gregos prometem expressar nas urnas o sentimento de descontentamento que originou dezenas de greves e de manifestações.

Perante o aumento do número de desempregados, que nos últimos dois anos duplicou, somam-se os cortes dos salários e das reformas.

“Não creio que as coisas estejam bem, pelo contrário. Tudo depende da capacidade das pessoas perceberem isso, mas não me parece” refere um grego.

“Quero que todos aqueles que governaram o país nas últimas duas décadas partam porque não fizeram nada e deles não podemos esperar uma atitude diferente. Por isso, quero ver novas caras, pessoas diferentes. Creio que a situação não pode piorar” afirma uma mulher.

“Esta vai ser a noite da tomada da Bastilha na Grécia. A liberdade, a igualdade e a fraternidade. Vamos assistir à mudança do regime” sustenta um homem.

Euronews: “Basta perguntar aos gregos para saber que a partir de agora nada vai ser igual. O antigo sistema partidário bipolar parece querer dar lugar a um outro, que vai levar o país para um caminho político desconhecido e que ninguém pode prever. Os resultados são imprevisíveis para o berço da democracia e da Europa.”