Última hora

Última hora

Gregos em dificuldade para formar governo

Em leitura:

Gregos em dificuldade para formar governo

Tamanho do texto Aa Aa

Os resultados das legislativas na Grécia confirmam a forte quebra dos partidos do centro, que assinaram o acordo com a troika, e o triunfo das forças extremadas à esquerda e à direita.

Os conservadores do partido Nova Democracia, liderado por Antonis Samaras acabou por ser o partido mais votado, sem no entanto poder cantar vitória uma vez que perdeu terreno em relação a 2009.

O segunda maior força do parlamento e também a segunda mais votada, passou a ser Syruza , uma coligação da esquerda radical, que rejeita totalmente as medidas de austeridade vindas do estrangeiro. A coligação da esquerda Unida afirma quer rasgar o acordo assinado com a Europa e FMI.

Os socialistas do Pasok são os mais penalizados e nem com uma aliança alcançariam agora uma maioria absoluta. Foi o Pasok no poder que negociou os termos do resgate de 110 mil milhões em 2011.

Outra surpresa veio do partido de extrema-direita Aurora Dourada obteve para 7 por cento dos votos e 21 lugares no parlamento.