Última hora

Última hora

Mercados ressentem-se com resultados eleitorais

Em leitura:

Mercados ressentem-se com resultados eleitorais

Tamanho do texto Aa Aa

As bolsas europeias iniciaram a semana no vermelho, mas a pouco e pouco dão sinais de recuperação. O sentimento negativo contagiou as praças do velho continente com os investidores receosos com uma possível inversão das políticas de austeridade em França e na Grécia, devido aos resultados eleitorais nos dois países.

“Mesmo depois das eleições na Grécia, está absolutamente claro que o país deve deixar a zona euro para ultrapassar os problemas económicos. Têm dois problemas, económico e político. Têm de sair”, diz Robert Halver, do Baader Bank.

A meio da jornada, o sentimento que se vivia na Europa era misto. A bolsa de Atenas afundava mais de 6%, depois dos dois partidos que formam o atual Governo de coligação terem perdido a maioria.

Lisboa inverteu a tendência negativa do início da sessão com os títulos da Galp e do BCP a impulsionar os ganhos.

O euro chegou a cair até ao nível mais baixo em relação ao dólar, desde o final de janeiro.