Última hora

Última hora

O fim de uma longa espera para os socialistas franceses

Em leitura:

O fim de uma longa espera para os socialistas franceses

Tamanho do texto Aa Aa

Há dezassete anos que os socialistas esperavam uma vitória nas presidenciais. Concentrados esta tarde na rua de Solferino, perto do quartel general do PS, em Paris, os apoiantes de François Hollande festejaram um resultado que supera mesmo o de François Mitterrand em 1981.

Para o eurodeputado socialista francês, Harlem Desir, “este resultado representa uma imensa alegria, depois de tantos anos na oposição, depois de uma campanha tão difícil. Estamos contentes também por conseguir unir a maioria dos franceses, apesar do ‘discurso do medo’ que foi utilizado contra nós, contra François Hollande que incarnou a esperança da recuperação para o nosso país, de justiça social e de união em torno dos valores da república”.

Os militantes mostram-se igualmente confiantes na “mudança” defendida por Hollande:

“Eu estou contente pelo meu país e pelo futuro que se anuncia com esta vitória”.

“O que é que eu espero agora de François Hollande?
Espero que cumpra as promessas que proferiu durante a campanha e depois que conduza a França à retoma, que nos permita uma esperança real de que vamos ultrapassar a situação atual, tanto em França como nos outros países da Europa”.

O enviado da euronews a Paris, sublinha:

“Os militantes socialistas saboreiam a vitória do seu candidato até porque a hora ainda não é de refletir aos desafios que aguardam o presidente nos próximos meses. A hora é de celebração do ‘estado de graça’ e, no entanto, há já desafio que se anuncia no horizonte, as legislativas de junho, durante as quais a esquerda espera bem capitalizar o sucesso destas eleições”.