Última hora

Última hora

Alemanha: Aeroporto Willy Brandt de novo adiado

Em leitura:

Alemanha: Aeroporto Willy Brandt de novo adiado

Tamanho do texto Aa Aa

A abertura do novo aeroporto de Berlim, prevista para o dia 3 de Junho, foi adiada sine die. As autoridades avançam agora a possibilidade de que venha a abrir no final do Verão, mas ninguém arrisca datas.

A decisão surge na sequência de um relatório técnico, que dá conta de falhas no dispositivo anti-incêndio.

O presidente da Câmara de Berlim, não escondeu a deceção:

“Não é um bom dia para o aeroporto de Berlim-Brandeburgo-Willy Brandt; não é um bom dia para os cidadãos das nossas regiões, nem para os numerosos visitantes”.

A deceção é ainda maior porque a abertura já tinha sido adiada no outono passado e o projeto, de 2,5 mil milhões de euros, tem sofrido numerosos atrasos desde que foi iniciado nos anos 90.
Mas os utilizadores de Berlim preferem guardar o velhinho aeroporto de Tegel:

“Para mim está muito bem. Gosto muito deste aeroporto, que fica muito mais próximo, por isso não me preocupa, bem pelo contrário, quanto mais tarde abrir, melhor para mim”.

Mas Berlim, que se tornou capital do país depois da reunificação, quer um aeroporto à altura do seu estatuto, que se adapte à oferta do tráfego aéreo e sobretudo que acompanhe a estratégia de desenvolvimento do turismo dos serviços e da cultura na cidade.

O aeroporto de Willy Brandt vai substituir os de, Tegel e Schonefeld, por onde passam 24 milhões de passageiros todos os anos.