Última hora

Última hora

Fragmentação partidária nas eleições municipais em Itália

Em leitura:

Fragmentação partidária nas eleições municipais em Itália

Tamanho do texto Aa Aa

Em Itália, depois de um escrutínio para eleger os membros de 900 conselhos municipais, a estrela ascendente é Beppe Grillo, o humorista que milita pela saída do país do euro e criou o movimento Cinco Estrelas.

As eleições municipais parciais deste domingo e segunda-feira mostraram também a revolta dos eleitores contra a austeridade, com o reforço de partidos até agora marginais.

Aos que dizem que todos os que apoiam Monti sairam a perder, lider do Partido Democrático, Pier Luigi Bersani, responde:

“Se fosse verdade, não sei se ainda existiria um governo Monti no dia a seguir à eleição. Mas como não é assim, repito, nas dificuldades não fugimos às nossas responsabilidades e somos corajosos. Pela nossa parte, só pensamos que o governo devia ouvir-nos um pouco mais”.

Em termos gerais, o Partido Democrático ganhou esta eleição. Em contrapartida, o partido de Silvio Berlusconi, Povo da Liberdade, foi relegado para a terceira posição.

Esta ato eleitoral não põe em causa diretamente o governo de Mario Monti, mas é um teste importante para as legislativas de 2013.