Última hora

Última hora

Governo espanhol prestes a nacionalizar o Bankia  

Em leitura:

Governo espanhol prestes a nacionalizar o Bankia  

Tamanho do texto Aa Aa

Os bancos espanhóis terão de arrecadar mais 35 mil milhões de euros para satisfazer requisitos oficiais. É pelo menos isso que indicam algumas fontes. 

 
Os detalhes da nova intervenção no setor financeiro deverão ser conhecidos esta sexta-feira, durante a reunião do Conselho de Ministros. O Governo de Mariano Rajoy deve aprovar a nova provisão para proteger os bancos da exposição ao setor imobiliário.
 
O valor junta-se aos 53 mil milhões de fevereiro passado, que se revelaram insuficientes.
 
O volume de créditos hipotecários representa 300 mil milhões de euros, 30% do PIB. Grande parte são ativos tóxicos.
 
O caso mais greve é o do Bankia, que ao que tudo indica estará prestes a ser nacionalizado. A imprensa espanhola escreve que o Governo vai converter em capital os 4,5 mil milhões de euros injetados no banco através do Fundo de Reestruturação Ordenada Bancária.
 
O que significa que o Estado espanhol passa a deter parte do capital da instituição, traduzindo-se numa nacionalização parcial da mesma.
 
As incertezas dos mercados face a Espanha tiveram eco na bolsa esta quarta-feira. Além disso, os juros da dívida soberana a dez anos subiram acima dos 6%, pela primeira vez desde meados de abril.