Última hora

Última hora

Itália: Atentado recorda método das Brigadas Vermelhas

Em leitura:

Itália: Atentado recorda método das Brigadas Vermelhas

Tamanho do texto Aa Aa

O eventual regresso das Brigadas Vermelhas está na ordem do dia em Itália depois do atentado contra o patrão da Ansaldo Nucleare. Roberto Adinolfi foi atingido numa perna na segunda-feira. O método utilizado recorda o modo operatório do grupo de extrema-esquerda que aterrorizou o país nos anos 70.

Hoje evocam-se as vítimas do terrorismo em Itália. Para o presidente Giorgio Napolitano “não há dissensões políticas nem tensões sociais que possam justificar rebeliões ou atos de terrorismo”.

O atentado ainda não foi reivindicado apesar de um grupúsculo de extrema-esquerda ter manifestado o apoio a esta ação armada através de um comunicado publicado num sítio da internet. A polícia segue várias pistas.

Neste dia memorial das vítimas do terrorismo, o presidente da república depositou uma coroa de flores em Roma, no local onde o corpo do antigo primeiro-ministro Aldo Moro foi encontrado sem vida, em 1978.