Última hora

Última hora

Missão dos observadores internacionais na Síria não está ameaçada

Em leitura:

Missão dos observadores internacionais na Síria não está ameaçada

Tamanho do texto Aa Aa

A missão das Nações Unidas na Síria é para continuar.

A garantia foi dada pelo chefe dos observadores internacionais depois de uma comitiva da ONU ter escapado a um alegado ataque.

A explosão de um bomba à entrada de Deraa, no sul do país, feriu seis militares sírios e originou uma troca de acusações entre opositores e forças fiéis ao regime de Bashar al-Assad.

O líder da missão da ONU considera que o episódio é um exemplo da violência a que está sujeita, diariamente, a população síria em várias cidades do país.

Até sexta-feira, 30 observadores internacionais vão juntar-se aos 70 que já se encontram no terreno.
O objetivo é chegar aos 300. Estão na Síria, para monitorar a aplicação do cessar-fogo, instaurado há cerca de um mês, e que está a ser violado diariamente.