Última hora

Última hora

Rússia: polícia detém manifestantes anti-Putin

Em leitura:

Rússia: polícia detém manifestantes anti-Putin

Tamanho do texto Aa Aa

Desde a tomada de posse de Vladimir Putin, na segunda-feira, que se sucedem as manifestações da oposição reprimidas pela polícia.

Pelo menos cinquenta pessoas foram detidas, esta noite, durante um protesto, em Moscovo, contra as alegadas fraudes eleitorais que permitiram a reeleição do presidente.

Entre os detidos encontra-se o líder da Frente de esquerda, Serguei Udaltsov. O “blogger” Alexei Navalny e uma conhecida apresentadora de televisão, Ksenia Sobtchak, foram igualmente presos durante o protesto.

A oposição denuncia uma campanha de repressão que teria levado já 300 pessoas à cadeia, desde segunda-feira.

O departamento de Estado norte-americano declarou estar preocupado com a situação, tendo apelado as autoridades russas, “a respeitar a liberdade de expressão e de manifestação no país”.

Os protestos de terça-feira ocorreram no dia em que o parlamento russo aprovou o regresso de Dmitry Medvedev ao cargo de primeiro-ministro.