Última hora

Última hora

Alemanha recusa abandonar austeridade

Em leitura:

Alemanha recusa abandonar austeridade

Tamanho do texto Aa Aa

Angela Merkel não vai desistir das medidas de austeridade por considerar que elas também vão conduzir ao crescimento. A líder da maior economia europeia discursava no Bundestag.

A chanceler admite que a redução da dívida e também o crescimento são «dois pilares» da estratégia necessária para que o bloco do euro saia da crise.

“O crescimento através de reformas estruturais é importante e necessário. O crescimento através de mais endividamento levar-nos-ia de volta ao início da crise”.

Por isso, na cimeira do G20, «vou dizer que a superação da crise das dívidas soberanas na Europa não acontecerá da noite para o dia, por muito que o queiramos».

A crise europeia enfrenta novos desafios desde as eleições que ocorreram no passado domingo em França e na Grécia.