Última hora

Última hora

Grécia vive um impasse político

Em leitura:

Grécia vive um impasse político

Tamanho do texto Aa Aa

O dirigente socialista, Evangelo Venizelos anunciou que vai tentar formar um governo de União nacional pró-europeu depois de ter recebido o mandato do presidente Carolos Papoulias.
 
Venizelos tenta assim tomar conta da situação depois dos seus dois rivais o conservador Antónis Samaras e o lider das esquerda radical, Alexis Tsipras terem falhado a missão. 
 
Trata-se da derradeira hipótese para a Grécia e Venizelos tem apenas três dias para encontrar alianças que permitam a formação de um executivo.
 
O líder do PASOK reconheceu, no entanto, não ter grandes expetativas sobre a ronda de contactos que vai estabelecer a partir de hoje e nas ruas os gregos também não acreditam.
 
“Não estou à espera de nada, acho que vamos de ter novas eleiões e estou muito desiludido“ 
 
“Não precisamos de novas eleições. Eles devem entender-se para o bem do povo grego”.
 
Se o PASOK falhar também esta missão o presidente deverá reunir os líderes dos sete partidos com assento parlamentar e apelar à constituição de um executivo de unidade nacional.