Última hora

Última hora

JP Morgan anuncia perdas de pelo menos 1,5 mil milhões de euros

Em leitura:

JP Morgan anuncia perdas de pelo menos 1,5 mil milhões de euros

Tamanho do texto Aa Aa

O maior banco norte-americano em termos de ativos, o JPMorgan Chase, anunciou a perda de pelo menos 1,5 mil milhões de euros.

O resultado de investimentos financeiros que envolveram títulos ligados aos créditos de alto risco, nomeadamente transações de derivados de crédito.

Jamie Dimon, o presidente executivo do banco, pediu desculpa pela estratégia adotada. Mas os erros pagam-se caro e a reação dos mercados não se fez esperar.

A operação afetou a reputação do presidente executivo, numa instituição que passou pela crise financeira sem ter prejuízos. Nesta fase, já se perfilam despedimentos de responsáveis pela operação.

“Penso que não foi uma boa manobra. No fim de contas Dimon orgulhou-se de ser capaz de sobreviver à tempestade financeira nos últimos anos. É algo que, no quadro da atual regulação e com a entrada da norma Volcker em vigor em julho, não augura bons ventos para o próprio banco”, diz Brenda Kelly, da CMC Markets.

Dimon criticou sempre a “regra Volcker”, que deverá entrar em vigor para impedir este tipos de transações.